Home > Blog > Sem categoria > Intolerância alimentar no pós-operatóri…

BLOG

Intolerância alimentar no pós-operatório de pacientes submetidos à Cirurgia Bariátrica

20 de maio de 2020
Nenhum comentário

Existem as alterações que são comuns, provocadas pela Cirurgia Bariátrica em relação a tolerância alimentar no pós-operatório. É necessário conhecer os alimentos que causam desconforto para que os pacientes possam ser orientados de forma adequada.

Destaca-se como fator para esta diferença, o acompanhamento Multidisciplinar que se inicia no pré-operatório. O serviço de Nutrição dá início ao processo de reeducação alimentar e orientações quanto ao consumo de alimentos que possam ser de difícil digestão ao paciente operado.

Um estudo recente pesquisou a tolerância alimentar em pacientes submetidos à Cirurgia Bariátrica. Foi observado a presença de intolerância alimentar em 47% dos pacientes, sendo que esta ocorreu principalmente no primeiro ano de pós-operatório. A carne e o arroz foram os alimentos menos tolerados durante todo o período de pós-operatório. Os sintomas mais relatados foram: vômitos (8%), síndrome de dumping (5%), diarréia (4%) e obstipação (2%). Isso mostra a importância do acompanhamento nutricional no pré e pós-operatório dos pacientes. Deve-se considerar a possibilidade de deficiências nutricionais decorrentes da intolerância alimentar e dos sintomas relatados, caso não seja realizado um acompanhamento nutricional adequado.

A intolerância alimentar está presente no pós-operatório, principalmente no primeiro ano. Esta pode ser decorrente das adaptações do organismo a nova capacidade gástrica, as alterações do sistema gastrointestinal e a capacidade do indivíduo de se adaptar a sua nova realidade, não apresentando tempo determinado e variando de um paciente para outro. O acompanhamento nutricional é indispensável para evitar deficiências nutricionais e corrigir erros alimentares antes e após a cirurgia.

Autora :  Maria Cláudia Ortolani

CRN 15.423

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*